Ciclista italiano que salvou centenas de judeus do Holocausto

ANÚNCIO

Neste ano de 2020, completa-se 20 anos desde a morte de um ciclista que salvou centenas de judeus do holocausto. Sabe-se que algumas pessoas, atualmente, são consideradas lendas, mas para isso elas precisaram transgredir, de alguma forma, o modelo de sistema em que vivem e foi isso que Gino Bartali fez.

O holocausto causou diversas mortes, levando várias famílias ao sofrimento, mas mesmo em meio a tanta dor e destruição ainda existiram pessoas que puderam mostrar como é possível melhorar e evoluir em meio a tanta dor, como foi o caso do ciclista italiano de 50 anos que vivia naquela época. 

ANÚNCIO

Bartali foi uma das pessoas que, durante o holocausto, arriscaram a própria vida para ajudar tanto conhecidos quanto desconhecidos. Na época, quem protegesse ou escondesse os judeus, era condenado à morte por traição à pátria. Portanto, a atitude de Gino foi perigosa, e poucas pessoas a tomaram. 

Ciclista italiano que salvou centenas de judeus do Holocausto
Foto: reprodução/internet

No entanto, existem muitas pessoas que ainda não sabem quem foi Gino Bartali e é sobre isso que este artigo vai falar um pouco mais.

O que foi o Holocausto 

O holocausto foi um genocídio que ocorreu durante a 2º Guerra Mundial e apesar de parecer que foi há muito tempo, passaram-se apenas 75 anos. Parecem muito, mas não é nem a vida completa de uma pessoa, já que a expectativa de vida hoje é de aproximadamente 80 anos para os brasileiros. 

ANÚNCIO

Estima-se, que esse genocídio matou mais de 6 milhões de pessoas e, ao contrário do que muitos acreditam, não foram apenas judeus. Também foram tiradas as vidas de negros, homossexuais, deficientes físicos e mentais e até opositores políticos. Ou seja, todas as pessoas consideradas diferentes, ou que pensavam de forma distinta do partido nazista, foram mortos.

Apesar de exterminar tantos tipos de pessoas, 6 milhões é a estimativa apenas para as mortes dos judeus. No entanto, no meio de tanta tragédia, sempre surge uma pessoa que há de se tornar lenda por ter um coração bom e no caso do holocausto, uma dessas pessoas, pois houveram outras, foi Gino Bartali.

Quem foi Gino Bartali

O ciclista italiano, Gino Bartali, já era conhecido por ser um excelente ciclista muito antes de ser considerado lenda, visto que só souberam que ele ajudava a judeus após sua morte. Ele chegou a vencer duas vezes a Tour de France e três vezes o Giro d’Italia, que são duas das competições mais importantes do esporte

Havia um competidor na época, chamado Fausto Coppi, que aparentemente se tornou seu maior rival do esporte ao ser indicado para ser o líder de equipe do Bartali logo após ele precisar ser afastado por conta de um acidente. No entanto, em uma competição, Gino viu Coppi machucado e com humildade o ciclista o ajudou a subir na bicicleta para completar o Giro.

Muito humilde, Gino era o tipo de pessoa que buscava premiar sua alma ao invés do corpo e por isso buscava ajudar sempre as pessoas a sua volta. Inclusive, afirmou certa vez que “Algumas medalhas são penduradas na alma, não na roupa”

Como Bartali salvou centenas de judeus

Como já foi dito, apenas depois da morte de Bartali que veio à tona o fato de ele ter salvado judeus durante o Holocausto. Ele ajudou cerca de 800 judeus a sobreviverem à Segunda Guerra Mundial. Mas a questão é, como ele fez isso se estava sempre competindo e treinando, já que ele era profissional?

Gino utilizou exatamente dessa desvantagem como sua principal vantagem. Nos próprios treinos de longa distância, ele aproveitava para entregar documentos falsificados para os judeus. Por ser famoso e estar visualmente “apenas treinando”, ele passava por fiscalizações com muita facilidade. 

Aparentemente o ciclista escondia os documentos dentro dos tubos do guidão e do canote do selim, que eram fabricados por empresas italianas. Uma vez chegou a ser interrogado pela polícia fascista, mas ele afirmou que não poderia ser atrapalhado e que não poderiam mexer em sua bicicleta, pois isto a danificaria e eles prejudicariam um “campeão do esporte”.

ANÚNCIO