Descubra como criar uma loja virtual usando o desktop

Quer saber como criar uma loja virtual usando o desktop, é? Leve em conta que os passos podem ser bem mais simples do que parece a ponto de que dá para fazer isso mesmo que você não tenha muita expertise com a internet e as tecnologias. 

ANÚNCIO

Até mesmo porque vale a pena considerar que a criação de uma loja virtual é uma ótima ideia para quem já tem loja física, para quem não tem ainda ou para quem quer começar a empreender porque viu a chance de ter uma renda extra.

Descubra como criar uma loja virtual usando o desktop
Foto: (reprodução/internet)

Para explicar tudo isso, entenda:

  • O que é desktop;
  • Qual a importância do desktop;
  • O passo a passo para criar a loja virtual.

O que é desktop

O desktop é uma palavra de origem inglesa e que indica a principal parte de um computador. Na informática, a expressão pode ser usada para falar da área de trabalho, sendo um tipo de organização operacional de pastas e arquivos.

Descubra como criar uma loja virtual usando o desktop
Foto: (reprodução/internet)

Para esse texto e como é comum na maioria das vezes, entenda desktop como um computador que não é portátil. Ou seja, um computador mesmo, abreviado pela sigla PC. Logo, não é um notebook, um laptop ou um tablet, por exemplo.

E é curioso falar disso porque mesmo que os computadores portáteis tenham sido invenções incríveis, quando se fala em um novo negócio, a ideia de ter um desktop se faz presente porque ele será como computador da empresa, focado nos negócios.

O computador para loja

Só para você entender a relação e a ideia de desktop que queremos mencionar aqui, saiba que ao abrir uma empresa, especialmente uma loja virtual para vender objetos na internet, as pessoas logo pensam no computador para loja. 

Afinal, é fundamental contar com um computador focado nessa operação do varejo. Até mesmo porque a maioria dos processos vão acontecer digitalmente, de forma eletrônica, sendo que o PC terá papel fundamental nessa hora. 

E só para concluir a ideia, saiba que esse computador de loja pode ser um com CPU Tradicional, chamada de torre. Pode ser um computador reduzido, que é como o CPU, mas bem menor. E tem o computador para PDV, que vem com equipamentos de automação.

Qual a importância do desktop

Esse vai ser o último grande tópico que vamos usar na introdução antes de começar a falar da criação da loja virtual. De todo modo, ele é importante. Ao abrir uma loja virtual, você não vai, apenas, sair por aí anunciando os produtos.

Descubra como criar uma loja virtual usando o desktop
Foto: (reprodução/internet)

É preciso que se tenha um planejamento mais bem completo do que isso. Do lado operacional, a gente pode pensar em controle de estoque, controle financeiro, controle de vendas, controle de pré-vendas, controles de recibos, controle de documentos fiscais, relatórios, etc.

E adivinhe só: tudo isso é feito pelo computador da loja. Hoje, você até pode ter uma tecnologia que permita que se faça isso pelo smartphone. Afinal, dá para vender pelo celular. Mas, o dinamismo de um computador de loja torna tudo muito mais seguro e assertivo.

Os programas para instalar no seu desktop

Concluindo o que falamos acima, saiba que no seu desktop da loja virtual será preciso pensar em programas que sejam úteis e necessários para conclusão da venda. E já explicaremos! Como será o cadastro dos produtos? E a emissão de notas fiscais? 

Observe que no mercado existem vários softwares que permitem esse tipo de atividade. Inclusive, há programas de gestão completos para quem tem um negócio digital. No entanto, eles precisam ser instalados em máquinas, certo? 

Bom, e sobre o PDV – Ponto de Venda? Mesmo com um negócio online rodando, é preciso saber o quanto vendeu, como vendeu, de que forma vendeu, etc. É a partir disso que se cria novas estratégias e se toma as melhores decisões. O PC é importante e ponto final. 

O passo a passo para criar a loja virtual – A escolha da plataforma

Agora que você sabe que precisa ter um desktop para criar a sua loja virtual, vamos ao ponto: como fazer isso? A primeira coisa é conhecer as opções de plataforma para isso. Ou seja, é como se fosse o endereço de uma loja física, só que na internet. 

Descubra como criar uma loja virtual usando o desktop
Foto: (reprodução/internet)

Você pode ter uma loja virtual que funciona apenas no Instagram? Sim. Você pode ter vendas apenas usando o WhatsApp? Sim. Porém, saiba que o mais indicado é que se tenha um site ou um website ou uma página fixa ou algo que seja a sua “sede” da loja na internet. 

A partir disso, comece a pesquisar as várias plataformas que existem no mercado e descubra a ideal para você. A boa notícia é que existem muitas. Já o lado ruim é que no começo você pode ficar um pouco confuso para fazer a sua escolha. Mas, tenha foco e veja o que outras pessoas dizem.

A melhor plataforma para criar sites

De maneira bem rápida, saiba que não tem como a gente mencionar aqui a melhor entre todas as plataformas para a criação de sites. Por outro lado, considere que o que a maioria dos novos empreendedores visam são aquelas que são gratuitas porque não representam custos iniciais.

A partir disso, comece a sua pesquisa por: Webnode, Site 123, Weebly, Go Daddy, Flazio, Yola, Google Sites, Wix, entre outras. Mas, não deixe de ver outras opções bem mais completas, que permitem montar um e-commerce incrível, como Magento, Woo Commerce e Nuvemshop.

Já nesse começo de passo a passo é importante você saber que dá para começar um site do zero. Porém, quem pode investir e já começar o negócio decolando, leve em conta que uma média de R$ 2,5 mil no mês já torna possível exponenciar o negócio online com a sua nova loja.

O passo a passo para criar a loja virtual – A precificação dos produtos

A gente não vai detalhar cada uma das etapas do seu plano de negócios para uma loja online. De todo modo, é bem possível que você já saiba o que vai vender, correto? Então, já deve ter um fornecedor em vista. Esse ponto é importante, mas não tem a ver com o site em si.

Descubra como criar uma loja virtual usando o desktop
Foto: (reprodução/internet)

Então, vamos pular a etapa e ir para a questão dos preços. Isso porque ao ter um site, você pode achar que não tem custo de manutenção e de operação como teria em uma loja física. Obviamente, isso é verdade. Porém, você tem que ter lucro com as vendas, certo?

Dessa forma, uma boa ideia é avaliar a concorrência, mas manter uma faixa de lucro em cima do que você consegue negociar com o fornecedor. Coloque em uma lista os gastos que tem com a sua hospedagem, a sua plataforma, as suas entregas, etc. E tire o seu lucro.

A análise de custos

Como esse é um ponto que traz muitas dúvidas, saiba que temos uma dica valiosa. Na hora de precificar produtos, lembre-se que você tem que ter lucro e isso quer dizer que tem que tirar (descontar) os gastos da sua empresa também. 

Na operação do e-commerce, as despesas principais partem de contas como de internet, de água, de luz, entre outras. Além disso, vem os próprios custos envolvidos na venda, como o valor do envio, a logística, a embalagem, etc. Tudo isso precisa ser “somado” na conta.

O passo a passo para criar a loja virtual – O marketing da sua loja virtual

Um erro comum na vida de quem empreende na internet é achar que basta pagar anúncios para vender produtos. Não é assim que funciona. O ideal é que se tenha produtos bem descritos, com boas imagens e uma plataforma de fácil acesso.

Descubra como criar uma loja virtual usando o desktop
Foto: (reprodução/internet)

Isso tudo faz parte do marketing, o que pode ajudar muito nas vendas futuras. É claro que investir em adsense (programas e serviços de anúncios pagos) pode valer a pena. No entanto, não vai adiantar muito se o seu produto e a sua página não são bem organizados.

A dica é: detalhe os produtos, use as características e foque em marketing de conteúdo. Ou seja, mais do que falar do produto, da marca, das dimensões ou preço, você tem que chegar no cliente mostrando os benefícios e as vantagens daquela compra. 

As estratégias SEO

Ainda falando sobre marketing, considere que temos a estratégia SEO. Sabe o que é isso? É um tipo de técnica que é usada para dar um melhor posicionamento das páginas, dos produtos, das notícias e tudo mais no Google e em outros mecanismos de busca.

Assim, é um pouco diferente do anúncio pago, sendo que a ideia principal é focar na qualidade do produto mesmo, no sentido de fazer ele ser importante para estar nas buscas. Imagine alguém buscar um produto no Google e encontrar a sua loja é? É sobre isso!

O SEO trabalha com palavras-chave e uma estrutura que seja positiva para o leitor. Para tal, existem regras, dicas, técnicas e até mesmo cursos que podem ser feitos no aprimoramento desse tipo de texto e conteúdo. É um tipo de marketing que dá certo.

O passo a passo para criar a loja virtual – A personalização do seu site

Apesar de estar no fim, esse não é o tópico menos importante. Na verdade, quanto mais personalizado o seu site for, então, maiores as chances de você fidelizar clientes e ser mais bem-visto pela comunidade online, que é cada vez maior.

Por isso, apesar de todas as regras e técnicas, leve em conta que a sua nova loja virtual deve ser a sua cara, a cara da sua marca, do seu negócio, do conceito, etc. Por isso, abuse da sua criatividade porque esse vai ser o tempero para o sucesso. 

ANÚNCIO