Esses são os 15 instrumentos musicais mais diferentes que você vai conhecer

ANÚNCIO

Você pode até não conhecer ou nunca ter ouvido falar deles. Só que ao ouvir os sons que emitem, você vai se impressionar. Tanto é que até grandes músicos, como David Bowie, se impressionaram e usaram alguns deles em seus shows ao vivo.

Da balalaika até a viela de roda, você vai fazer uma viagem ao mundo, passando pelas antigas civilizações, pela África, pela Rússia, pela Ásia. São instrumentos criados e inventados em cada parte do planeta e que forma uma banda totalmente incomum, estranha, diferente. 

ANÚNCIO
Esses são os 15 instrumentos musicais mais diferentes que você vai conhecer
Foto: (reprodução/internet)

15 – Balalaika

Está certo que não é o instrumento musical mais desconhecido do mundo. Só que se você não mora na Rússia vai ter que concordar com a gente que ele é bem diferente, não é verdade?

Esses são os 15 instrumentos musicais mais diferentes que você vai conhecer
Foto: (reprodução/internet)

A balalaika tem origem russa e é um símbolo do país. O corpo parece como um triângulo, que costuma ser bem grande. Ele tem apenas 3 cordas para dedilhar e, geralmente, é tocado com os dedos mesmo – mas, dá para usar palhetas.

Há vários tamanhos de balalaikas disponíveis, sendo que isso pode alterar o som, entre o agudo e o grave. Ao todo, a família é composta por 5 tamanhos de instrumentos. 

ANÚNCIO

14 – Kalimba

Faz parte do grupo do idiofone e dos lamelofones. O que isso quer dizer? Que é um instrumento composto por várias placas finas de metal que são fixadas em uma extremidade. A outra parte fica livre.

Esses são os 15 instrumentos musicais mais diferentes que você vai conhecer
Foto: (reprodução/internet)

A origem não é definida, mas acredita-se que venha da África. A estrutura sofreu mudanças com o passar do tempo e hoje ele existe em várias culturas, com denominações diferentes. 

Uma versão moderna de kalimba pode ser encontrada em uma caixa retangular com uma boca e teclas de metal, que são tocadas por polegares. O som é parecido com o de uma caixinha de música mesmo.

13 – Ukelin

Mais um instrumento que tem um nome que explica muito sobre ele. Ukelin é a mistura de ukelele havaiano com violino. O resultado é uma invenção de 1926 de Paul F. Richter. Em 1970 houve uma produção em massa.

Esses são os 15 instrumentos musicais mais diferentes que você vai conhecer
Foto: (reprodução/internet)

Ah, para quem não sabe, o ukelele é um instrumento havaiano com cordas beliscadas, que antes eram feitas de tripas. Ele tem 4 cordas e tem Paul McCartney como um dos incentivadores, já que usou na música Ram On.

Para tocar esse instrumento é preciso colocar ele em cima de uma mesa. Ele possui 16 cordas e é tocado com um arco que alcança todas as cordas. Na época, ele era vendido de porta em porta e era direcionado para quem não tinha formação educacional em música. 

12 – Berimbau de boca

Ele pode ser feito de metal ou de madeira ou ainda de bambu. Como o nome sugere, ele é tocado com a boca. O som fica muito próximo do berimbau comum. Para tocar, coloca-se a boca na parte estreita, fricciona a lingueta e dedilha o restante para as notas.

Esses são os 15 instrumentos musicais mais diferentes que você vai conhecer
Foto: (reprodução/internet)

Um fato curioso sobre ele é que é um dos instrumentos mais antigos que se tem conhecimento na história da música. Ele foi encontrado em diversas culturas, com uma origem ainda incerta

11 – Khaen

Um instrumento asiático, que é comum no Laos. É um órgão de boca, feito por tubos de bambu e de diferentes tamanhos. O objeto em si é bastante peculiar. Ele é composto ainda por uma madeira oca no meio, que é onde se assopra para fazer o som. 

Esses são os 15 instrumentos musicais mais diferentes que você vai conhecer
Foto: (reprodução/internet)

Para quem conhece dos instrumentos, saiba que ele parece o sheng. E dá para encontrar ele disponível em várias lojas online, como na Amazon, por preços que vão de US$ 35 até mais de US$ 400.

10 – Theremin

É considerado um dos primeiros instrumentos totalmente eletrônicos que foram criados no mundo. E o nome por trás é do russo Léon Theremin. Isso no ano de 1919.

Esses são os 15 instrumentos musicais mais diferentes que você vai conhecer
Foto: (reprodução/internet)

A invenção aconteceu após uma viagem dele pela Europa e a patente se deu nos Estados Unidos em 1928. Ele cedeu os direitos à RCA. O maior nome é da Clara Rockmore, que tem um repertório clássico de respeito.

O aparelho tem duas antenas de metal, que permite o controle dos sons e do volume. Isso tudo sem precisar encostar no instrumento. Os sons são comuns em bandas clássicas, como de Led Zeppelin e da banda Pato Fu.

9 – Stylophone

E já que falamos de instrumentos eletrônicos, vamos lembrar do stylophone, que foi inventado por Brian Jarvis no fim da década de 1960 e exige uma canetinha para ser tocado

Esses são os 15 instrumentos musicais mais diferentes que você vai conhecer
Foto: (reprodução/internet)

Para muita gente, ele é apenas um sintetizador. O fato é que ele já foi usado por David Bowie e isso fez dele famoso, ainda que exótico. Na prática, podemos dizer que temos um instrumento sintetizador analógico criado em 1967 e tocado com uma caneta. Ok?

8 – Cimbalon

Agora, um dos instrumentos musicais mais antigos que você vai ouvir falar e credita-se que ele tenha origem medieval. Porém, ainda é usado hoje em dia, especialmente em países como a Hungria ou Romênia e Ucrânia.

Esses são os 15 instrumentos musicais mais diferentes que você vai conhecer
Foto: (reprodução/internet)

Note que é comum em países que possuem povos ciganos. O som do cimbalon ficou famoso no grupo da Orquestra Filarmônica Cigana, no Oriente Médio, no Irã.

7 – Omnichord

O nome não é simples, mas tocar é. Tanto é que ele foi criado para ser um instrumento para iniciantes na música. Assim, basta apertar botões enquanto se movimenta os dedos em uma placa sensível ao toque.

Esses são os 15 instrumentos musicais mais diferentes que você vai conhecer
Foto: (reprodução/internet)

Ele foi anunciado e lançado em 1980 e chegou a ser importante para apresentações de músicos como Robbie Williams, Bjork e Foster The People. David Bowie também usou para dar sons diferentes às suas canções, especialmente, em shows ao vivo.

6 – Kora

O kora é um instrumento que, como o nome indica, faz parte da cultura da África. Ele vem do povo Mandeng e é muito difícil de ser usado. Ao todo, possui 21 cordas, sendo que fica próximo a uma harpa.

Esses são os 15 instrumentos musicais mais diferentes que você vai conhecer
Foto: (reprodução/internet)

Em alguns países, ele é chamado de corá ou harpa-alaúde de 21 cordas. Os músicos que sabem tocar esse instrumento são poucos, como Toumani Diabaté, Ballake Sissoko, Seckou Keita, etc.

5 – Violão Picasso

Obviamente, o nome não vem do acaso. Ele foi inspirado nas obras do cubista Pablo Picasso. Por isso, o seu modelo e designa são bem diferenciados. O instrumento levou dois anos para ser criado e possui 4 braços, 42 cordas e 2 bocais.

Esses são os 15 instrumentos musicais mais diferentes que você vai conhecer
Foto: (reprodução/internet)

Obviamente, como se imagina, ele é bem complicado de ser tocado. Já o som vem de uma mistura de harpa com violão e é muito raro encontrar um desse para comprar, viu. Vale dizer que, a criação é da canadense Linda Manzier, que o fez em 1984 e pensando no guitarrista Pat Metheny.

4 – Hang

Dessa vez, um instrumento criado por um casal suíço. O hang é formado por uma chapa de metal e traz um som bastante único. Para os percussionistas, tocar hang é uma experiência única no mundo da música. Ele exige técnica e intuição também. 

Esses são os 15 instrumentos musicais mais diferentes que você vai conhecer
Foto: (reprodução/internet)

O som não é parecido com um instrumento clássico. E tem uma curiosidade, o instrumento já foi chamado de hung drum, porém, os criadores não aprovaram o nome por tratar de um termo impróprio.

3 – Trompa dos Alpes

Mais um instrumento que tem origem suíça, mas este parece com uma trompa de caça gigante. Ele tem um cabo alongado e variações sonoras limitadas, o som é forte e pode ser ouvido a quilômetros de distância. 

Esses são os 15 instrumentos musicais mais diferentes que você vai conhecer
Foto: (reprodução/internet)

Apesar de ser um instrumento musical pouco usado hoje, ele teve importância há algum tempo, quando era usado para transmitir sinais entre as aldeias alpinas.

2 – Harmônica de Vidro

Não tem jeito. Todas as vezes que você ouviu dizer sobre instrumentos musicais estranhos, diferentes ou exóticos, essa harmônica vai aparecer. Em algumas partes do mundo, ela é chamada de gaita de vidro.

Esses são os 15 instrumentos musicais mais diferentes que você vai conhecer
Foto: (reprodução/internet)

E nada mais é do que um conjunto de taças de vidro em formato semiesférico, com vários tamanhos, que são inseridas dentro da outra e cria uma escala diatônica. Achou complicado? Saiba que elas ficam imersas em partes em um recipiente com água. 

Há ainda um sistema de pedal que giram as taças. Cada taça tem uma nota. Para os mais teóricos, saiba que temos aqui um idiofone friccionado, onde o som vem da vibração.

1 – Viela de roda

Outro instrumento musical do tempo medieval. Obviamente, não é tão usado nos dias de hoje. Porém, tem a sua história marcada na música. É um ícone, na verdade.

Esses são os 15 instrumentos musicais mais diferentes que você vai conhecer
Foto: (reprodução/internet)

A viela de roda já foi chamada por outros nomes também. É um instrumento com cordas friccionadas, exatamente como o violino. Já o nome roda vem do fato de o som ser gerado através de uma manivela. Ele tem até 6 cordas e uma espécie de teclado. 

Os tipos de instrumentos musicais

Só para constar, nesse texto, a gente não se preocupou em ordenar a lista por tipos de instrumentos musicais, que podem ser de corda, de sopro, de percussão. O foco era trazer as curiosidades antes dessa classificação chamada de Hornbostel-Sach.

De todo modo, ainda podemos considerar que há os equipamentos eletrônicos, que entram em uma nova categoria. A classificação varia de cultura para cultura. 

ANÚNCIO