Jovem Aprendiz – Requisitos, benefícios e vagas abertas

ANÚNCIO

Se pensarmos no mundo atual de forma real, nós chegaremos à conclusão de que a vida profissional é importante para quem busca conforto e qualidade de vida. Afinal, tudo gira em torno da economia.

Para os jovens, no entanto, entrar no mercado de trabalho parece algo muito complicado. Só que o programa Jovem Aprendiz surge como grande ideia para quem busca vagas de emprego para pessoas sem experiência.

ANÚNCIO

Ou seja, além de conseguir entrar no mercado de trabalho, pode ser uma boa chance de ter em seu currículo uma experiência em grandes e médias empresas. Pensando nisso, é interessante entender um pouco mais sobre esse programa.

Jovem Aprendiz
Fonte: (Reprodução/internet)

Acompanhe mais informações e fique por dentro de como funciona o programa e como encontrar as vagas abertas.

Os benefícios do Jovem Aprendiz

Os benefícios para o Jovem Aprendiz são vários. Mas, primeiro ele precisa passar pelos processos para chegar até esse cargo.

ANÚNCIO

E o primeiro ponto positivo é que a empresa não pode exigir que o jovem trabalhe mais que 6 horas diárias. Isso porque a ideia é que o colaborador trabalhe e estude, sem que um atrapalhe o outro.

Quanto aos benefícios recebidos, os principais são:

  • Auxílio refeição;
  • Auxílio transporte;
  • Seguro de vida;
  • Férias remuneradas na mesma época das férias escolares;
  • Assinatura na carteira de trabalho;
  • Possibilidade de efetivação pela empresa.

Além desses benefícios, todo os aprendizes irão contar com um salário proporcional ao tempo trabalhado. A base para esse valor será a do salário mínimo vigente, que em 2020 está em R$ 1.045,00.

Pré-requisitos para se candidatar

O programa Jovem Aprendiz é uma ideia apoiada pelo governo, por isso, ele estabelece algumas regras que são padronizadas em todas as empresas. A começar pela idade dos candidatos, que devem ter entre 14 e 21 anos.

O interessado deve estar cursando o ensino fundamental ou médio e com uma porcentagem alta de frequência nas aulas, pois o programa preza muitos pelos estudos. Ele é a favor dos jovens concluírem primordialmente essas etapas.

Por fim, o jovem deve ter disponibilidade para trabalhar 6 horas por dia. No entanto, o horário que pode variar e cair para 4 horas dependendo da empresa.

A maioria das empresas solicitam o trabalho de segunda-feira a sexta-feira, porém existem estabelecimentos que ofertam também o sábado, desde que o candidato tenha outro dia de descanso na semana.

Onde encontrar essas oportunidades?

Empresas de grande e médio porte vem destacando as vagas disponíveis para o jovem aprendiz. Por isso, é preciso ficar atento aos sites específicos ou então acompanhar o noticiário, que muitas vezes fazem o papel de divulgar essas vagas informando a população.

Por lei, essas empresas devem ter de 5% a 15% do seu quadro de funcionários destinados aos aprendizes. As oportunidades ficam visíveis na página oficial de cada uma, mais especificamente na área “trabalhe conosco”.

Em alguns casos, a primeira etapa da inscrição é feita online cadastrando o currículo através dos sites das empresas.

Mesmo que você saiba da vaga por meio de um jornal ou indicação de um amigo será necessário buscar mais informações na internet para poder se cadastrar. Uma boa fonte é o LinkedIn.

ANÚNCIO