Mapa feito por paleontólogo mostra como era sua cidade há 600 milhões de anos

ANÚNCIO

A Terra já foi um grande bloco onde todos os continentes se interligavam. Na plataforma Dinosaur Database pode-se visualizar a localização de cidades específicas há 600 milhões de anos atrás.

Paleontólogos desenvolveram um site em que qualquer lugar do mundo pode ser visitado em uma viagem milenar. Nesta página da web, é possível acessar a história do planeta durante as eras geológicas.

ANÚNCIO

As opções do site vão de até 750 milhões de anos atrás, até os dias atuais. Por a plataforma ser interativa, é possível notar a movimentação de cidades de acordo com que os grandes blocos do planeta Terra são afastados.

Mapa feito por paleontólogo mostra como era sua cidade há 600 milhões de anos
Fonte: (Reprodução/Internet)

Intenção da plataforma

Ian Webster, ex-funcionário do Google e engenheiro, é o responsável pela criação da plataforma que mostra a evolução geológica do planeta Terra. Os mapas utilizados, foram desenvolvidos pelo geólogo Christopher Scotese.

Webster idealizou o site com a intenção de expandir conhecimento a cerca do movimento das placas tectônicas e outros fenômenos que ocasionaram a separação dos continentes. De acordo com o período, dados científicos são disponíveis.

ANÚNCIO

Para atender à propostas, estas explicações são sucintas e de fácil entendimento, de modo que conseguem ser aplicadas por professores em sala de aulas, ou até mesmo para uso de utilidade pública.

O uso da ferramenta é simplificado. Usuários podem pesquisar pelo período que querem consultar a configuração física do planeta, ou até mesmo selecionarem por grandes acontecimentos ou eventos.

A evolução da Terra é constante

Em entrevista à emissora CNN, Webster ressaltou que a Terra continua em processo de mutação, e que as condições as quais ela é imposta irão continuar fazendo que os gigantes blocos de terra continuem se movendo.

“A história da Terra é mais longa do que podemos conceber, e o arranjo atual das placas tectônicas e dos continentes é um acidente do tempo. Será muito diferente no futuro, e a Terra pode durar mais que todos nós”, ressalta o desenvolvedor do Dinosaur Database.

ANÚNCIO