Descubra quem consultou seu CPF

ANÚNCIO

Você sabe quem consultou seu CPF nos últimos tempos? Pois várias empresas fazem consultas quando elas querem avaliar o seu risco de crédito. Contudo, hoje já é possível saber quais as instituição pesquisaram por isso.

Dessa forma já é capaz, também, descobrir se alguma empresa está fazendo isso sem que você tenha solicitado crédito algum. Até porque, isso é algo que acaba acontecendo antes dos bancos enviarem propostas de empréstimos e serviços do tipo.

ANÚNCIO

Vale dizer, que toda essa consulta, tanto da parte do cliente como da empresa, pode ser feita através do Serasa. Algumas pessoas, pensam que essa instituição é responsável apenas por negociar dívidas para as pessoas, no entanto ela pode ser útil para muitas coisas.

CPF
Fonte: (Reprodução/internet)

Então, se deseja descobrir quais empresas têm consultado seu CPF ultimamente, continue por aqui e veja como pode ser simples ficar por dentro deste assunto.

Pra que servem as consultas?

Essas consultas são feitas diretamente à Serasa e servem para aprimorar as análises de crédito. Elas apoiam a prevenção de fraudes, porque ajudam a detectar casos de clonagem ou uso de documentos roubados.

ANÚNCIO

Contudo a consulta é confidencial e fica armazenada num sigiloso banco de dados da Serasa. É importante saber que esse registro não é um agente limitador do crédito. Principalmente porque cada nova concessão depende das políticas internas de cada instituição que solicita.

O Serasa não tem o poder de decidir se a empresa vai ou não conceder o crédito ao cliente, ela somente fornece as informações que são solicitadas. Então, no fim servirá apenas como um banco de dados com o histórico bancário de cada pessoa.

Benefícios do Serasa

Ao contrário do que todo mundo pensa, a Serasa não é um órgão do governo. Ela é uma empresa que oferta soluções ao crédito do consumidor, marketing, certificação e também consulta de dados para empresas de todos os mais variados segmentos.

Além desses registros ela ainda tem uma área exclusiva para ajudar os brasileiros, conhecida como Serasa Consumidor.  Nela, é possível criar uma conta, para acompanhar o que está acontecendo diariamente com o seu nome e resolver possíveis negativações, popularmente conhecida como “nome sujo“.

Na plataforma do Serasa Consumidor também pode-se consultar gratuitamente seu CPF e o seu Score de Crédito. Que tem como objetivo auxiliar as empresas a tomarem decisão sobre a concessões de crédito, ou outros negócios.

O Score indica, por meio de uma pontuação gradual, que vai de 0 até 1.000, qual a chance do consumidor pagar as contas em dia nos próximos 12 meses.

Como saber quem consultou seu CPF

Bom, para finalmente saber quem consultou seu CPF nos últimos tempos, existem duas maneiras. A primeira é solicitando um relatório bem completo com informações dos últimos trinta dias. Sendo assim, basta somente ter a documentação necessária em mãos:

  • Cópia autenticada de CPF e RG ou CNH;
  • Requerimento, que é um texto simples, assinado pelo requisitante, solicitando o relatório das consultas ao seu CPF nos últimos 30 dias.

Depois, o requerente pode enviar uma carta para o Serasa Experian, ou procurar uma agência física mais próximo a ele, através dos seguintes meios:

  • Endereço para enviar o requerimento: Avenida Doutor Heitor José Reali, nº 360 Distrito Industrial Miguel Abdelnur – São Carlos – SP; CEP: 13571-385.
  • Link para encontrar um Serasa mais próximo.

Vídeo – Ver o relatório pelo aplicativo da Serasa

Além das opções dadas acima, hoje já é possível acompanhar tudo sobre seu CPF no site da Serasa. Veja no vídeo abaixo um pouco mais sobre esse processo e todos os benefícios que o cidadão poderá ter.

Informação extra

A quantidade de consumidores inadimplentes já representa mais de 40% da população de adultos, acima de 18 anos, no Brasil. Além disso, o ticket médio das dívidas também aumentou. Esses dados são estimados pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas.

Por isso, algumas pessoas ficaram restritas de certos serviços e é ai que entra o Cartão miBank. Em suma, trazendo parte dessas pessoas de volta ao mercado consumidor, para reaquecer, no possível, a economia nacional.

ANÚNCIO