Conheça a Voltz – Empresa especialista em motocicletas elétricas para delivery

O serviço delivery ganhou força no mundo todo. O fato é que já era uma tendência no transporte urbano, só que isso se intensificou durante os dias de isolamento social que boa parte dos países incluíram nas fases mais críticas da crise pandêmica.

ANÚNCIO

Assim, a Voltz ganhou forças também. Isso porque é uma empresa especialista em motocicletas elétricas e muito reconhecida no Brasil. Inclusive, acabou de inovar ao lançar as motos elétricas para serviços de delivery. Nós vamos contar tudo isso nos próximos tópicos.

Conheça a Voltz – Empresa especialista em motocicletas elétricas para delivery
Foto: (reprodução/internet)

Para uma melhor leitura, saiba que você encontrará os seguintes tópicos:

  • Quem é a Voltz;
  • A nova moto elétrica para delivery;
  • Os modelos da EVS Work;
  • Como testar uma moto Voltz Work;
  • Qual é o valor dos juros para os financiamentos.

Quem é a Voltz

A Voltz é uma empresa brasileira de motocicletas elétricas. Ela passou a comercializar modelos EVS focados em entregadores de delivery. O modelo ganhou o nome de EVS Work e teve a sua resistência preparada para o dia a dia dos entregadores, que possuem mais autonomia.

Conheça a Voltz – Empresa especialista em motocicletas elétricas para delivery
Foto: (reprodução/internet)

A produção da Voltz acontece em Cabo de Santo Agostinho, no estado de Pernambuco. Mas, há a possibilidade de inclusão dela para Manaus (AM), devido aos planos ambiciosos da marca. A planta nova terá uma capacidade de produção de 8 mil motos por ano.

Além disso, uma nova loja foi inaugurada em São Paulo (SP). A ideia é ampliar os atuais 25 showrooms para 65 até o fim do ano. Esses showrooms funcionam em containers, onde os consumidores podem testar as motos e conhecer as linhas de acessórios das Voltz. 

O lançamento da Voltz EVS Urbana

Para quem gosta de conhecer os dados dos lançamentos, vamos lá. Esse tópico foi criado justamente para isso. A velocidade máxima da moto fica entre 80 km/h e 120 km/h. Ela tem uma potência de 3000 W, o que a torna uma moto muito interessante. 

A bateria é feita de Lítio 72v 33ah. Enquanto isso, o tempo de recarga é de 5 horas. O ciclo de carga é de 2000 ciclos, sendo que há uma garantia de até 1500 ciclos. A autonomia é de 180 km e a capacidade da carga é de 200 kg. Ela tem função de marcha a ré. 

A Voltz EVS Work conta com o GPS Integrado, conexão 4G, farol dianteiro, lanterna traseira e piscas em LED. Além disso, tem uma entrada USB e conexão Bluetooth. São duas tomadas para carregar o celular e mais alto-falantes. É uma moto completa. 

A nova moto elétrica para delivery

A Voltz inovou ao fazer uma parceria com o iFood e outras fintechs. Assim, passou a permitir uma linha de crédito especial para entregadores, que agora passaram a poder comprar uma moto elétrica Voltz. Você vai entender melhor isso, continue lendo.

Conheça a Voltz – Empresa especialista em motocicletas elétricas para delivery
Foto: (reprodução/internet)

A EVS Urbana ou EVS Work é uma moto que tem 180 km de autonomia. Sendo assim, uma moto perfeita par ao trabalho. Ela pode chegar a 240 km/h e não perde em velocidade para as motos mais comuns do mercado nacional.

Na conta, a velocidade final da EVS Work é de 85 km/h. O preço da moto elétrica para delivery pode ser visto como atrativo. Mas, não pelo preço em si, mas devido as formas de financiamento e empréstimos que são possíveis hoje em dia. 

Quanto custa uma moto da Voltz

Como o foco dessa matéria é para falar da moto Voltz para delivery, considere que as vendas previstas para julho possuem preço que varia entre R$ 13.990 e R$ 15.990. No entanto, a facilidade da compra da moto vai acontecer devido a parceria com empresas de tecnologia. 

Assim, elas vão oferecer uma linha de crédito especial para os entregadores. Além do mais, quando chegar no mercado, a moto Voltz vai poder ser usada por 30 dias como teste. A ideia é que profissionais conheçam e aprovem a ideia do uso de motos elétricas para o trabalho.

Ah, lembrando que essas são motos elétricas, mas que possuem potência e que exigem a documentação nacional de habilitação. Logo, a pessoa vai precisar ter a CNH para pilotar ela, ainda do fato de que os apps de transporte exigem isso também. 

Os modelos da EVS Work

É importante considerar que a primeira moto elétrica do Brasil para delivery já é queridinha de muita gente. Isso porque ela tem um modelo street que se divide em três categorias. Logo, a primeira moto inteligente do país pode surpreender a todos. 

Conheça a Voltz – Empresa especialista em motocicletas elétricas para delivery
Foto: (reprodução/internet)

Essa variação de tipos passa pela Eco, a Standard e a Sport. Assim, a velocidade pode mudar, do mesmo jeito que a autonomia dela. O tempo de recarga também varia, sendo que com duas baterias dá para “encher o tanque” rapidinho.

O que não vai mudar muito é a questão da estrutura e das dimensões. Ela ainda não está no dia a dia dos brasileiros, mas já dá para saber que tem 1,34 metro de altura, 1,98 metro de comprimento e 0,76 metros de largura. Uma moto e tanto, não é?

Outras características

Mais um ponto interessante é que ela vai vir em várias cores disponíveis, fugindo dos tradicionais vermelho e preto da Honda ou amarelo da Dafra, por exemplo. As cores são bem legais, sendo Cherry, All Black, Titanium, Black, Amazonia, Cocoa e Neptune.

Como testar uma moto Voltz Work

Ninguém ainda tem essa resposta. O fato é que as motos Voltz não serão liberadas de uma só vez para todos os entregadores do iFood. O que se espera do programa, em parceria com o iFood, é a inclusão de 30 modelos no mercado de forma inicial.

Conheça a Voltz – Empresa especialista em motocicletas elétricas para delivery
Foto: (reprodução/internet)

Mas, a empresa disse que pretende bater a meta de 10 mil motos elétricas nos próximos 12 meses. Isso vem com a ajuda das linhas de crédito especial, que serão oferecidas aos entregadores parceiros. É uma ideia ambiciosa, mas que tem tudo para dar certo.

Se você está interessado pode entrar no site da Voltz. Lá tem todas as informações que foram apresentadas aqui e, inclusive, o canal de contato. A EVS Work aparece lá com o preço de R$ 16.490,00 com 1 bateria. Se você optar por duas baterias, o valor sobe mais R$ 450.

A moto elétrica da Voltz vale a pena

Como a moto ainda não chegou no mercado não é fácil responder essa pergunta. O que pode ser feito é um estudo sobre um modelo que foi lançado há algum tempo, a Scooter EV1, sendo a Scooter mais potente que se tem notícias.

Já foram emplacadas mais de 1.400 unidades dela desde o início das vendas. A marca ganhou fama com a Scooter e depois fez um novo lançamento, da EV1 Plus, que é mais potente e funciona a partir de 2 baterias. Ela tem autonomia de 60 quilômetros. 

É importante saber que as novas motos da Voltz, que são para o trabalho, serão entregues na casa do cliente, como acontece com os modelos Scooter. Assim, quem comprar em showrooms poderá ter essa vantagem da entrega em áreas determinadas. 

Qual é o valor dos juros para os financiamentos

A Voltz informou várias vezes que pretende oferecer o financiamento e o seguro para quem comprar as suas motos elétricas. A ideia é fazer parcerias para que esses custos/investimentos sejam mais econômicos. Mas, qual será o juro disso?

Conheça a Voltz – Empresa especialista em motocicletas elétricas para delivery
Foto: (reprodução/internet)

Na verdade, a empresa ainda não tem uma resposta. No entanto, disse que “os juros para financiar motos são muito altos porque é fácil sumir com uma moto normal”. Logo, a ideia é abaixar os juros a partir do monitoramento na nuvem das suas motos elétricas.

Assim, ficará mais fácil monitorar aonde elas estão, mesmo que a bateria acabe. Com essa opção de localização em tempo real também será possível baratear o prêmio do seguro dos modelos da Voltz, o que tem relação direta com o seguro dela.

A média dos juros de financiamentos no país

Para quem já está estudando essa possibilidade, vale a pena considerar que o Banco Central do Brasil tem uma média de valores para esse tipo de taxa de juros. No documento de aquisição de veículos para pessoas físicas dá para ver essa média.

Só para você tirar dúvida, saiba que a Caixa Econômica Federal tem taxas de juros que partem de 1,40% ao mês. Já outros bancos, como o banco Pan, tem cobrança de 2,77% no mês para esse tipo de compra, que envolve carros e motos.

Outras motos elétricas a venda no Brasil

Se você gostou do assunto das motos, ótimo. Considere que há outros modelos que estão à venda no nosso país, apesar de que nenhum é tão focado no serviço delivery como a EVS Work. A Super Soco TC Max é um exemplo, só que ela custa R$ 45.990,00. Outra opção disponível é: GWS K14RS – R$ 96.442,50. Tem ainda as opções:

  • Aima M3ZU – R$ 10.000,00
  • Aima Xiao King – R$ 9.940,00

Para quem busca uma moto com melhor custo-benefício, ideal para entregas, saiba que a Shineray SE 1 Lítio é uma opção porque vale R$ 12.990,00. A Muuv Custom L também é uma boa ideia, por R$ 12.500,00 e com visual curioso. GWS K4000RP é outro modelo mais em conta, só que o valor dobra para R$ 26.300,00.

ANÚNCIO