Essas 10 coisas sobre o câncer ninguém conta – nem mesmo alguns médicos

ANÚNCIO

O câncer ainda é visto como um mal dos séculos. É uma doença que, ainda, encontra alguns empecilhos para a cura. Por isso, tem se mostrado cada vez mais temida. Justamente por esse medo que muita gente tem, alguns médicos e especialistas acabam não dizendo coisas que seriam importantes. 

Obviamente, não estamos aqui para julgar o comportamento de um ou outro profissional – até mesmo porque eles possuem código de ética. De todo modo, o que queremos é que você saiba dessas coisas – se é que ainda não sabem. Afinal, isso pode dizer muito sobre o câncer.

ANÚNCIO
Essas 10 coisas sobre o câncer ninguém conta – nem mesmo alguns médicos
Foto: (reprodução/internet)

1 – É possível vencer o câncer

E a gente quer começar com esse primeiro tópico, que é muito positivo, apesar de muita gente achar que “pegou câncer, morreu”. Na verdade, não é bem assim que funciona e hoje em dia a medicina está tão avançada que consegue provar isso – ainda que não exista uma cura.

Essas 10 coisas sobre o câncer ninguém conta – nem mesmo alguns médicos
Foto: (reprodução/internet)

Essa questão de existir cura passa pela criação de vacinas ou remédios, por exemplo. O que, de fato, ainda não existe. Por outro lado, há tratamentos que podem reverter o quadro do paciente. Tanto é que hoje em dia não é raro encontrar quem se livrou do câncer. 

Por isso, se você achou que esse texto seria só para trazer notícias ruins, está enganado. O que queremos é sermos verdadeiros – e os mais sinceros possíveis.

ANÚNCIO

2 – As mudanças físicas

Se você descobre que tem câncer, considere que há grandes chances de a sua aparência física mudar. E nem sempre isso tem a ver com a quimioterapia (que é um dos tratamentos mais agressivos, que fazem cair cabelos, por exemplo). 

Essas 10 coisas sobre o câncer ninguém conta – nem mesmo alguns médicos
Foto: (reprodução/internet)

Há outros métodos alternativos que também podem mudar a aparência, seja através da queda de cabelo ou mesmo da perda de peso ou ainda medicamentos que podem deixar você com a pele mais amarelada, etc. Isso varia conforme o tratamento e a resposta de cada pessoa. 

O fato é que ter o cabelo comprido, curto ou não ter cabelo não precisa ser visto como algo que indica que a pessoa vai morrer de câncer, entende? Sem contar que estamos falando de uma resposta imunológica a remédios, químicos e tratamentos. Só isso. 

3 – O uso de medicamentos

Aqui entra uma outra verdade que você vai se espantar de saber. Ao procurar sobre a quimioterapia, considere que você vai ver que é um dos tratamentos mais agressivos, mas um dos que podem gerar mais resultados também.

Essas 10 coisas sobre o câncer ninguém conta – nem mesmo alguns médicos
Foto: (reprodução/internet)

O problema é que uma boa parte da reclamação dos pacientes de câncer não tem a ver, necessariamente, com a quimioterapia – talvez, porque eles se preparam para as sessões. Mas, com certeza, tem a ver com o uso dos remédios. 

Como assim? Tomar medicamentos por longos anos, através de cápsulas estranhas e que podem gerar efeitos colaterais, não é agradável. Muita gente diz que “ah, mas é muito melhor”. Porém, há quem reclame muito disso devido aos efeitos que podem gerar. 

4 – A mudança da relação com o tempo

Outra mudança que vem com o câncer e o tratamento tem a ver com a relação que você tinha com o tempo. E, de fato, isso não é tão ruim se você pensar que a sua vida estava sempre corrida demais, né. A gente pode explicar isso a partir do que os pacientes dizem.

Essas 10 coisas sobre o câncer ninguém conta – nem mesmo alguns médicos
Foto: (reprodução/internet)

Agora, ao tratar o câncer, você vai ver que os medicamentos podem fazer com que você sinta mais vontade de descansar e estar deitado. E não é só isso. Também pode ser que você esteja mais paciente na hora de aguardar uma consulta médica. 

Por outro lado, como há essa cultura de que “é hora de aproveitar o tempo porque ele está chegando ao fim”, muita gente começa a dar mais valor aos pequenos detalhes. E, novamente lembrando, dependendo da sua análise, isso pode ser algo positivo para a sua vida. 

5 – O tratamento é cansativo

Essa é outra verdade que muitos médicos acabam “omitindo” dos seus pacientes. E dá para entender: eles não querem desanimar quem ainda nem começou a se tratar, com os procedimentos e medicações. Porém, vamos à verdade.

Essas 10 coisas sobre o câncer ninguém conta – nem mesmo alguns médicos
Foto: (reprodução/internet)

Você vai vencer o câncer e mesmo quando isso acontecer, saiba que ainda precisará tomar remédios por alguns longos anos. E pode ser que sinta algumas dores musculares ou uma estranheza no coração ou no fígado.

Isso tudo é resultado dos anos de tratamento que você teve no passado. É claro que não é uma situação que vai durar para sempre. Mas, considere que esses acréscimos, como em uma partida de futebol, podem acontecer na sua vida também. 

6 – As mudanças hormonais

Outro ponto muito delicado é sobre hormônios. A gente não tem como ficar falando aqui tudo o que pode acontecer com você durante o câncer. Porém, saiba que as mudanças hormonais estão entre as mais comuns e também as que mais chateiam os pacientes.

Essas 10 coisas sobre o câncer ninguém conta – nem mesmo alguns médicos
Foto: (reprodução/internet)

Oras, perder a libido não é nada agradável, certo? Além disso, essas mudanças também resvalam no humor, no sono, na produtividade, etc. Assim sendo, considere que é difícil encontrar respostas e nem sempre você terá as respostas que busca.

Essa simples reflexão já pode ter um viés diferente dependendo de como os seus hormônios estiverem se comportando. E o pior é que não se dá para estar preparado para isso. O lado bom é que sabendo a verdade, você pode agir de forma diferente. 

7 – Os sinais do câncer que são ignorados

Ninguém quer e ninguém vai, ao menos na área da saúde, culpar você pelo câncer. Isso não faria o menor sentido. E nem você mesmo deve sentir essa culpa. Porém, quando a gente fala sobre doenças é preciso se atentar para os sinais. E o câncer também dá sinais.

Essas 10 coisas sobre o câncer ninguém conta – nem mesmo alguns médicos
Foto: (reprodução/internet)

Você quer ver algo que quase nunca é visto como “sintoma sério”, mas que lá na frente pode se mostrar como indicativo de câncer? Nós vamos falar. Mas, não fique neurótico, está bem? É só para você entender a importância de sempre procurar um médico. Vamos lá. 

Tosse, rouquidão, caroços no corpo, intestino diferente, perda de peso, dores inexplicáveis, sangramentos, feridas que não cicatrizam, dificuldade de engolir, mudanças na aparência das verrugas, etc. Portanto, sempre procure médicos, combinado?

8 – Os cânceres não são todos iguais

Agora, essa talvez seja até uma das maiores surpresas que você vai ler nesse conteúdo. E a gente até sabia disso, mas nunca demos atenção. Sabe essa história? Pois é. Talvez, seja a hora certa de você entender e levar a sério que os cânceres não são todos iguais. 

Essas 10 coisas sobre o câncer ninguém conta – nem mesmo alguns médicos
Foto: (reprodução/internet)

Existem vários tipos da doença, cada um tem seus nichos e isso quer dizer mutações e mudanças diferentes. Portanto, também acaba resultando em tratamentos diferentes. E quem teve câncer diz que você se torna especialista no seu próprio “ramo”.

O fato é que para todo tipo de câncer existem sintomas comuns, os quais já citamos alguns deles aqui. No entanto, todos são diferentes e ainda tem a questão do estágio.

9 – Os jovens também contraem o câncer

Pode ser de próstata, de intestino, de pele. Não importa o tipo. Nessa hora, muita coisa influencia: da genética até mesmo a alimentação saudável ou não. Mas, o fato é que todos, inclusive os jovens, podem ter câncer. 

Essas 10 coisas sobre o câncer ninguém conta – nem mesmo alguns médicos
Foto: (reprodução/internet)

Sendo assim, esqueça essa ideia de que “você é jovem demais para ter câncer”, ok? E leve em conta todos os fatores que podem ajudar você a se prevenir da doença. Mas, mesmo que isso não for possível, saiba que o câncer não é fim, como vamos mencionar no último tópico. 

10 – O câncer não é sentença de morte

Se você reparou que esse tópico é parecido com o primeiro, que citamos lá acima, ótimo. A ideia é essa mesmo. Leve em conta que dá para vencer o câncer e que ele não é uma sentença de morte – apesar de ter tantos tópicos entre esses dois pontos. 

Essas 10 coisas sobre o câncer ninguém conta – nem mesmo alguns médicos
Foto: (reprodução/internet)

Sendo assim, muita gente que teve e se “curou” diz que dá para viver a vida toda com câncer. A ideia de “esticar a corda” pode ser válida aqui. Mas, não se trata apenas de “viver um dia a mais” e sim de “você não vai automaticamente morrer”. Entendeu a diferença?

Sem dúvida alguma, esse não é o fim para você. Ao contrário, após tudo o que apresentamos acima, talvez seja uma oportunidade e tanto para aprender a viver de um jeito diferente. Talvez, melhor!

O impacto psicológico do câncer

Algumas pesquisas, como da AECC, têm mostrado que o fator psicológico do câncer tem um poder de cura ou de não cura muito interessante. E não estamos falando sobre “ser positivo vai te curar do câncer”. Porém, a forma com que você lida com ela diz muito sobre isso.

E muito mais do que tentar ser forte, uma boa ideia é aceitar o apoio de quem realmente acha que essa é uma doença que pode ser vencida. Sem criar muitas falsas expectativas, mas sendo sinceros: o mundo está cheio de pessoas que venceram o câncer. E essa pode ser a sua história também. 

ANÚNCIO